A Hungria é um país da Europa central, que faz fronteira com sete países. É alvo de diferentes influências, fruto dos diferentes impérios e civilizações que por lá passaram. Tem uma forte indústria turística, algumas das mais importantes culturas termais na Europa e uma longa tradição de música clássica.

Família de acolhimento e comunidade local

O/a estudante AFS poderá ser acolhido em zonas urbanas perto de Budapeste, noutras grandes cidades ou em meios mais rurais. As famílias húngaras tendem a ser tradicionais, mas todos os membros partilham as tarefas domésticas e aproveitam para passar tempo de qualidade aos fins-de-semana.

Escola

A maioria do/as estudantes AFS frequentam uma escola secundária pública chama “gimnázium”, mas é também possível serem colocados numa escola vocacional chamada “szakközépiskola”. O ano lectivo começa no início de Setembro, termina no início de Junho e é dividido em dois semestres. As aulas decorrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. É possível escolher diferentes disciplinas, mas Húngaro e Línguas estrangeiras são obrigatórias.

Alimentação

Um dos mais populares e reputados pratos húngaros é o “goulash”, um ensopado feito de carne, batatas e paprica. Os pratos são normalmente servidos com batatas ou massa e existem inúmeros tipos de pães e de bolos deliciosos para experimentar! A gastronomia húngara tende a ser farta, mas os hábitos alimentares estão a mudar, por isso as refeições são já mais leves do que no passado, mas mantendo sabores intensos. A paprica e outras especiarias e molhos são utilizados em muitos pratos.

Língua

Na Hungria a língua oficial é o húngaro, uma língua muito próxima do finlandês e do estónio. Inglês e alemão são também línguas estrangeiras amplamente faladas e existem ainda vários dialectos reconhecidos na Hungria. A AFS oferece aulas de húngaro para os primeiros meses do intercâmbio. Não é necessário saber falar húngaro antes de partir, mas é aconselhável começar a aprender antes do começo do programa.

Programas AFS disponíveis para este destino: