A fusão de cores culturais, de sabores e dialectos, combinados com o calor tropical, desarma-nos os sentidos. Das cabanas de madeira em praias de areia branca às Torres Petronas em Kuala Lumpur, este país de católicos, budistas, muçulmanos e hindus, portugueses, malaios, chineses, indianos e ingleses, forma uma miscelânea cultural difícil de igualar. Com uma economia crescente (em média 6,5 por ano), tem sido tradicionalmente alimentada pelos seus recursos naturais, mas está em expansão nos sectores de ciência, turismo, comércio e turismo médico.

Os/as jovens Malaios adoram desporto como futebol e badminton, filmes e montras de lojas. Estudar em horário extra curricular ou frequentar aulas de apoio é muito comum.

Família de acolhimento e comunidade local

As famílias de acolhimento poderão pertencer a diferentes grupos étnicos: malaios, chineses ou indianos. Independentemente da família que acolhe o/a estudante, é comum famílias alargadas viverem juntas e os idosos serem muito respeitados. Os pais gostam se ser incluídos nas decisões dos filhos. A maioria do/as estudantes AFS é acolhida em áreas urbanas ou suburbanas.

Escola

Em geral os/as participantes AFS frequentam escolas secundárias públicas, que funcionam na maior parte das regiões de segunda a sexta-feira (das 7h30 às 13h30), podendo noutras zonas funcionar de domingo a quinta-feira. Os/as estudantes poderão escolher áreas de estudo específicas entre Ciências, Humanidades, Comércio ou Estudos Técnicos. Nas escolas usa-se uniforme e a maioria das aulas são leccionadas em malaio, com excepção a Matemática e Ciências, que são ensinadas em Inglês. Para a sociedade malaia a escola desempenha uma importante função social, não apenas para a educação formal, mas também como espaço de aprendizagem de valores morais. O papel dos professores é muito importante e considerado de grande respeito.

Língua

Na Malásia a língua oficial é o Malaio Bahasa e o Inglês é a segunda língua obrigatória. Para os/as estudantes AFS será útil ter um conhecimento básico de Inglês. Para além disso, a AFS disponibiliza ferramentas e dicas para aprender a língua.

Alimentação

A diversidade do povo malaio traduz-se numa mistura muito interessante de dietas picantes, comida chinesa, cozinha exótica do norte e do sul da Índia, bem como pratos portugueses! A maioria dos pratos contém muitas especiarias, pimentões e creme de coco e o peixe é cozinhado em qualquer ocasião e em diferentes estilos. De qualquer forma, a cozinha ocidental é igualmente acessível. A comida na mesa é partilhada com toda a família. Normalmente deve comer-se com a mão direita e manter a esquerda sob a mesa.

Programas AFS disponíveis para este destino: